Biopolítica e racismo ambiental no Brasil: a exclusão ambiental dos cidadãos

Ivy de Souza Abreu | Biografía
Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Espírito Santo
Share:
  • Articles
  • Enviado: junio 4, 2013
  • Publicado: julio 31, 2014

Resumen

O presente artigo se propõe a analisar abiopolítica, sua influência nas decisões do poder soberano e sua face excludente frente às questões ambientais.Para isso, serão postos em discussãoo biopoder e a biopolítica, o racismo ambiental
com a exclusão dos cidadãos e a formação de grupos outsidersambientais e o problema da seca no Nordeste brasileiro.A gestão da vida se tornou fator de decisão nos sistemas políticos modernos e contemporâneos, o binômio “viver e morrer” deixa as ciências biomédicas e aflora na seara política.A politização da vida se evidencia com o racismo ambiental e com as novas categoriais da política: estabelecidos e outsiders, cidadãos e subcidadãos, inclusão e exclusão

Cómo citar
Abreu, I. de S. (2014). Biopolítica e racismo ambiental no Brasil: a exclusão ambiental dos cidadãos. Opinión Jurídica, 12(24). Recuperado a partir de https://revistas.udem.edu.co/index.php/opinion/article/view/723

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Send mail to Author


Send Cancel

Estamos indexados en

  • CATEGORÍA C